PRODUTIVIDADE NOS ESTUDOS

Atendo muitos clientes que estão estudando para concursos há anos e que não conseguem ser aprovados. Quando eles me procuram já estão cansados, desanimados, frustrados, já abdicaram boa parte de sua vida social, familiar, amorosa para poder se dedicar exclusivamente aos estudos.

Já estão duvidando de sua própria capacidade de aprendizagem. Alguns pensam que possuem algum problema na parte cognitiva ou de memorização, pois como é possível estudar há mais de 3, 5, 7(!) anos e ainda não passar no concurso?

Mas o que a maioria deles ainda não sabe é que só não passaram porque a maneira que estavam estudando não era a mais adequada para a forma de funcionamento mental deles.

Como já comentei em posts anteriores, a nossa mente tem uma forma de funcionar que é só dela, e que muitas coisas não conseguiremos alterar nessa forma de funcionar.

Porém, existem várias outras partes de nossa mente que conseguimos modificar e melhorá-la, mas para isso é preciso aceitar que será preciso compreender como ela está funcionando e se ajustar à ela, aprender a negociar com ela as mudanças que deseja conquistar. Ou seja, fazer ela trabalhar a seu favor e não contra você.

Outra coisa que escuto muito desses clientes é que já tentaram tudo que é coisa de organização dos estudos, de memorização de conteúdos, etc.

Foram inúmeras ferramentas, técnicas e aplicativos já usados mas que não funcionaram por muito tempo em suas vidas. Isso ocorre porque quando você entende como a sua mente funciona, você aprende a criar as suas próprias ferramentas e técnicas mentais, como também a sua própria metodologia de estudo, e, é a partir daí que as coisas começam a funcionar.

Você aprende como absorver a informação da melhor forma possível, onde guardar aquela informação em sua mente (qual a “caixinha mental” que irá guardar), como resgatar a informação na hora em que precisar.

E, depois disso, descobrirá que não é preciso ficar horas e horas estudando, apenas conseguir manter a qualidade do funcionamento mental enquanto estiver estudando.

Aprenderá que a organização dos ambientes (físicos e virtuais) influenciam diretamente a sua organização mental e sua motivação para estudar.

Aprenderá que não precisa e não deve abdicar das outras áreas de sua vida somente para se dedicar aos estudos, que ter tempo para cada coisa é mais importante do que você imagina em seu processo de memorização de conteúdo.

Enfim…quando você aprende a olhar para si de forma objetiva e analítica, mas ao mesmo tempo, respeitando a si mesmo, respeitando sua forma de pensar, sentir e se comportar frente aos estudos, você acaba aumentando sua produtividade.

Então, se você faz parte desse grupo de pessoas que deseja passar num concurso ou deseja ficar menos horas estudando e aproveitar mais as outras áreas de sua vida, não perca mais tempo e comece logo a organizar sua mente, seus ambientes e suas atividades!!!